GESTÃO ELABORA PROPOSTA DE PLANO PLURIANUAL
Publicado em: 03/08/2017 ás 13:59:00 Fonte: Ascom/Secretaria Municipal de Administração

A Comissão Especial de Estudos para elaboração da proposta do PPA - Plano Plurianual - 2018/2021 do Município de Miracema do Tocantins, reuniu-se nesta quarta-feira, dia 02, para traçar o cronograma de trabalho e definir metas de atuação, estratégias de trabalho para levantamento de dados, objetivando a apresentação da proposta do PPA a ser enviada à Câmara Municipal até o dia 31 de agosto de 2017.

 

O PPA é um instrumento de planejamento estratégico de gestão, e tem vigência de 04 anos, indo de 2018 a 2021, através do qual a gestão pública se compromete a executar as metas traçadas ao longo dos três últimos anos do atual governo/gestão, adentrando ao primeiro ano da próxima gestão. O PPA atualmente em vigência foi instituído para o período de 2014-2017, vencendo em dezembro deste ano.

 

Por determinação legal, audiências públicas serão realizadas com o objetivo de ouvir a comunidade e extrair sugestões, par traçar as prioridade das ações de governo, através do planejamento participativo, e envolve todas as áreas do Município, desde a parte administrativa, educação, saúde, trânsito e transporte, assistência social, esporte e lazer, juventude e cultura, meio ambiente e recursos hídricos, agricultura, turismo e desenvolvimento econômico, entre outras.

 

Nesta primeira reunião foi definido o cronograma de trabalho da Comissão Especial constituída para promover a elaboração da proposta que será encaminhada à Câmara Muncipal, ficando assim definido:

 

1) Data: 07/08/2017 - Reunião com Secretários Municipais para discussão das propostas de ação de cada pasta;

 

2) Data: 09/08/2017 AUDIÊNCIA PÚBLICA - Local: Auditório da DRE - Horário: das 14:00h às 20:00h;

 

3) Data: 15/08/2017 - AUDIÊNCIA PÚBLICA - Local: Plenário da Câmara Municipal - Horário: das 14:00h às 20:00h.

 

4) Data: 16, 17 e 18 - Reuniões de trabalho para análise dos dados coletados e formulação de proposta.

 

A Comissão ressalta a importância da participação de toda a comunidade nas audiências públicas, pois através dessas audiências será possível ao Poder Público Municipal conhecer os anseios da comunidade e as prioridades das ações que espera sejam implementadas nos próximos quatros anos.

 

Notícias relacionadas